shadow

Por que é importante e como torná-lo eficaz

Por que é importante e como torná-lo eficaz
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Com as crescentes pressões sobre hospitais, unidades de saúde e profissionais a serem rentáveis, é cada vez mais difícil justificar gastar dinheiro em educação e treinamento. A educação e o treinamento são caros ao somar os custos do desenvolvimento do currículo e dos educadores. Embora seja importante encontrar a pessoa certa para o trabalho, a maioria, senão todos, a gerência concordaria que a pessoa “certa” inclui educação adequada, além de outros fatores como experiência e personalidade e caráter do indivíduo. Embora reconheçam a importância da educação adequada em termos de diplomas e licenças, a educação continuada é frequentemente esquecida. Embora algumas profissões exijam educação continuada para cumprir as leis de licenciamento ou manter associações em associações acadêmicas, como médicos que exigem CME e exames periódicos de recertificação, nem todas as profissões têm esses requisitos. E mesmo assim, os requisitos estaduais diferem e o nível de conhecimento adquirido em cada atividade educacional varia. Com a grande quantidade de pesquisa e desenvolvimento ocorrendo, manter-se atualizado com o mais recente desenvolvimento, habilidades e novas tecnologias no mundo em constante mudança da medicina está se tornando uma tarefa assustadora.

Os cuidados de saúde estão evoluindo rapidamente, com novas técnicas, diretrizes, protocolos e tecnologias.

A educação continuada melhora o conhecimento dos funcionários e os equipa melhor para cuidar dos pacientes, além de aumentar a confiança dos funcionários. Os profissionais de saúde de hoje praticam em um ambiente altamente tecnológico e multidisciplinar. Para fornecer assistência ao paciente segura, eficaz e de alta qualidade, é necessária colaboração entre todos os profissionais. Tradicionalmente, cada profissão atua de forma independente em relação ao desenvolvimento profissional contínuo. A educação continuada também melhora o moral dos funcionários e um senso de comunidade que busca a excelência. Isso, por sua vez, melhora a produtividade e os resultados do paciente, garantindo um atendimento seguro ao paciente em torno das melhores práticas.

Leia Também  A empatia é um componente crucial ao trabalhar com idosos

Na tentativa de fornecer educação e treinamento aos funcionários de maneira eficiente e econômica, os hospitais e as organizações de saúde geralmente implementam módulos on-line. Por exemplo, a maioria dos profissionais de saúde está familiarizada com o treinamento on-line anual de higiene das mãos, a ser concluído antes do início da temporada de gripe ou com o treinamento anual sobre a identificação de sintomas de acidente vascular cerebral. Embora esses cursos transmitam conhecimento e dados, a maioria dos profissionais de saúde está ocupada e cansada demais para examinar conscientemente o material e reter informações. Além disso, qual a relevância disso para todos os funcionários e melhora a capacidade dos funcionários de realizarem seu trabalho?

Implementar a educação continuada na área da saúde requer investir no desenvolvimento de currículos e educadores para ensinar o material que se adapta às necessidades dos funcionários.

1. Tenha um currículo educacional atualizado com as melhores práticas baseadas em evidências.

Os profissionais não apenas precisam de um currículo constantemente atualizado, mas também precisam se concentrar no aprendizado interprofissional no contexto do desenvolvimento profissional contínuo. O currículo básico de assistência médica deve apresentar a todos os funcionários o conceito de aprendizagem ao longo da vida. Os profissionais de saúde em todas as etapas de sua carreira devem continuar aprendendo sobre os avanços em pesquisas, tratamentos, conhecimentos e habilidades necessárias para fornecer um atendimento seguro e eficaz ao paciente. É responsabilidade profissional do profissional acompanhar as mudanças tecnológicas e os conhecimentos médicos relevantes.

2. Tenha um departamento de educação e educadores qualificados.

Ter um departamento educacional qualificado e educadores é crucial. Ter educadores atualizados e altamente qualificados e uma administração de suporte que valorize o desenvolvimento profissional pode levar a uma maior colaboração e prática coordenada, segurança aprimorada e atendimento de qualidade, redução de custos através da utilização eficaz dos recursos e melhores resultados clínicos. As organizações de assistência à saúde devem cultivar equipes de planejamento da educação interprofissional para incorporar perspectivas multidisciplinares no planejamento de atividades educacionais.

Leia Também  Atrasos na publicação de registros de revisão sistemática no PROSPERO estão prejudicando a transparência e podem levar a desperdícios de pesquisa

3. Certifique-se de que todos os funcionários da linha de frente sejam treinados nas habilidades para realizar seu trabalho.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Certifique-se de que todos os funcionários da linha de frente sejam treinados no conhecimento e nas habilidades necessárias para seus trabalhos. O treinamento e a avaliação de competências precisam ser direcionados às práticas e funções diárias. Um tipo de treinamento é a educação em serviço, que normalmente é uma revisão e atualização do conjunto de habilidades adquiridas usando dispositivos e equipamentos. É importante lembrar que a responsabilidade número um do funcionário é com o paciente e com o atendimento ao paciente; gastar inúmeras horas lendo módulos on-line não é muito útil.

O treinamento ativo e prático de simulação é uma pedagogia útil com feedback imediato, e o debriefing demonstrou ser mais benéfico. O aprendizado preparatório antes da experiência permite ao aluno ou funcionário obter os fundamentos teóricos da experiência. A simulação em si permite o aprendizado em um ambiente seguro, promovendo o aprendizado ativo. A utilização de uma variedade de simulações ajudará a aumentar a competência dos profissionais mais novos em sua carreira e a validar a habilidade e o conhecimento dos funcionários mais experientes. Simulações com todos os membros da equipe que promovem a abordagem multidisciplinar são mais benéficas do que simulações de mesa apenas com diretores, que ignoram os funcionários da linha de frente.

4. Adapte-se às necessidades dos funcionários.

A educação dos funcionários começa na integração com a orientação. A orientação não apenas serve para fornecer exposição à missão, visão, valores da organização, mas também um momento para avaliar a habilidade e o conhecimento dos novos contratados. Ao utilizar uma ferramenta de avaliação personalizada, os empregadores podem direcionar as necessidades dos novos funcionários em um nível individualizado, com foco em uma avaliação individualizada dos pontos fortes e fracos. Uma orientação personalizada se concentrará em energia e recursos para áreas que ajudarão a criar um funcionário altamente competente. Para manter os funcionários engajados, é necessário empregar uma variedade de experiências de aprendizado, adaptando-o a diferentes estilos de aprendizado – a revisão periódica contínua de habilidades e conhecimentos ajuda a promover uma cultura de qualidade e segurança.

Leia Também  Aliviando o estresse e buscando a normalidade em tempos traumáticos - Harvard Health Blog

Em um mundo em que a medicina é conduzida por práticas baseadas em evidências e as finanças desempenham um papel importante nas operações de assistência à saúde, é especialmente importante investir em educação e treinamento contínuos, o que leva a melhores resultados e produtividade dos pacientes, além de maior satisfação dos funcionários e retenção.

Christine Lau é médica. Collette Williams é uma enfermeira educadora.

Crédito da imagem: Shutterstock.com





cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *