shadow

Acidente vascular cerebral parece 8 vezes mais provável com COVID do que com gripe

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Quinta-feira, 2 de julho de 2020 (HealthDay News) – Tanto a gripe quanto o COVID-19 podem aumentar seu risco de derrame, mas as chances parecem ser oito vezes maiores com o coronavírus, segundo um novo estudo.

Entre mais de 1.900 pacientes com COVID-19, 1,6% sofreram um derrame, contra 0,2% de quase 1.500 pacientes gravemente doentes com gripe, descobriram os pesquisadores.

“Médicos e profissionais que cuidam de pacientes com infecção por COVID-19 devem permanecer vigilantes quanto a sinais e sintomas de acidente vascular cerebral, porque o diagnóstico imediato pode permitir tratamento eficaz do AVC”, disse o pesquisador Dr. Neal Parikh, professor assistente de neurologia e neurociência da Weill Cornell. Medicina na cidade de Nova York.

“Fundamentalmente, nossos resultados apoiam a noção de que a infecção por COVID-19 é mais grave que a infecção por influenza”, acrescentou Parikh.

Para o estudo, Parikh e colegas compararam a incidência de acidente vascular cerebral entre pacientes com COVID e pacientes com gripe em dois hospitais da cidade de Nova York. Os pacientes com coronavírus foram avaliados de 4 de março a 2 de maio, enquanto os pesquisadores analisaram dados de gripe de 1 de janeiro de 2016 a 31 de maio de 2018.

Dois neurologistas que revisaram as descobertas não ficaram surpresos com o fato de o COVID estar relacionado ao derrame.

“Infecções e outras condições inflamatórias são fatores de risco estabelecidos para derrame, portanto, não é de surpreender que pacientes com doença de COVID-19 possam ter derrame como complicação da infecção”, disse o Dr. Larry Goldstein, professor e presidente de neurologia da Universidade. do Kentucky.

A doença de COVID-19 também tem sido associada a coágulos sanguíneos que podem aumentar o risco de derrame, disse ele.

Leia Também  A diferença entre trabalho raso e profundo na medicina

Dr. Salman Azhar é diretor de acidente vascular cerebral no Hospital Lenox Hill, em Nova York. Ele disse: “Este vírus tem predileção por causar algum nível de coagulação, e pensamos que talvez seja por causa do aumento da inflamação no corpo”.

Azhar explicou que o COVID-19 ataca as células que revestem os vasos sanguíneos, o que é uma das razões para o aumento do risco de coágulos sanguíneos que levam ao derrame. Além disso, o vírus aumenta a produção de fatores de coagulação, disse ele.

Os anticorpos também desempenham um papel no desenvolvimento do derrame, disse Azhar.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

“Há anticorpos que conhecemos há muito tempo, nada a ver com esse vírus, mas sabemos que aumentamos o risco das pessoas terem derrames e outros coágulos de vasos sanguíneos, e estamos vendo-os com maior incidência em pacientes com COVID- 19 “, disse Azhar.



cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *